domingo, 17 de outubro de 2010

Supertaça Álvaro Costa

O Torrados abriu a nova época como tinha fechado a anterior: a vencer! No jogo disputado no Dr. Machado de Matos (que se espera ser relvado nos próximos dias), com enorme afluência de público, o Torrados não deu qualquer chance ao campeão Sousa, com um goleada que nunca ninguém tinha aplicado ao campeão. Um bom espectáculo de futebol, com muito público, apenas manchado pelo mau comportamento de alguns adeptos de parte a parte, e alguns excessos de alguns atletas. Esperemos que o campeonato que se aproxima decorra dentro do maior fair-play, e que seja equilibrado.

4 comentários:

União Desportiva de Torrados disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
andré disse...

olá boas,o jogo em si foi um pouco daquilo q se esperava um jogo duro e sem interrese porque até oportunidades foram poucas ou quase nada.o torrados aproveitou bem o deslise o jogador do sousa para abrir o marcador depois fez outro de canto e o terceiro aproveitou também outra fifia quando estavam embalados po ataque,mas com isto nao quero dizer q o torrados nao seja um belo vencedor porque se diz quem ganha é quem marca ...em realção ao trio de arbitragem ficou muito para além daquilo desejado um critério muito muito largo para ambas as duas equipas..em relação aos adeptos apesar de vizinhos estiveram em grande força para torcer pelas suas equipas nota positiva para eles todos que algums ate deve serem amigos e familiares..de resto belo campeonato para ambas equipas.

União Desportiva de Torrados disse...

A U.D.Torrados venceu categoricamente ao campeão em título. Penso que não há muito a dizer sobre o resultado final. O árbitro poderia ser mais rigoroso em alguns lances para amarelo e possivelmente, vermelho, mas aplicou um critério largo que acabou por enfurecer o público afecto ao Torrados e ao Sousa.
Lamento algumas provocações do terreno de jogo para a bancada por parte dos elementos das equipas que originaram o arremeço de objectos para o campo.
Como referi na crónica, no blog da U.D.Torrados, temos todos que erradicar esses comportamentos que em nada dignificam o futebol. Todos viram o que o massagista do Sousa fez para o público afecto ao Torrados quando um jogador foi substituido! Não pode acontecer. Tem que haver responsabilização para esses actos. Depois querem que as direcções segurem os adeptos? Não é fácil, aliás, é impossível.
As pessoas têm que entender de uma vez por todas que foi só um jogo de futebol entre duas grandes equipas de freguesias vizinhas que se conhecem bem.
Desejo ao Sousa um bom campeonato e que apareça com força para a prova que aí vem. só dignificará a competição.
Força Torrados.

maradona disse...

Viva cambada!!!
Ora cá estamos nós de volta ao local do crime (salvo seja) para mais uma temporada futebolística, cheia de novas expectativas como é “cotume”!
Muito bem, o esférico começou a rebolar no sábado com o desafio da primeira Supertaça de Felgueiras, disputado no estádio (pelado) Machado de Matos k opôs os “Moinas”, detentores da Taça Felgerias Rúbeas, aos Bi-Campeões “Vicentinos”, o resultado foi bastante folgado e surpreendente (ou talvez não), tendo os “Moinas” acabado por vencer os actuais Campeões do concelho sem apelo nem agravo, o resultado cifrou-se numa goleada por quatro bolas a zero, dividida por dois golos em cada parte, num desafio onde não pude estar presente, mas pelo “anafado” resultado final dá a sensação k a hegemonia patenteada nas últimas duas épocas pelos “Vicentinos” terminou, já os “Moinas” continuam a realizar e a dar continuidade ao excelente serviço com k finalizaram a época anterior, e mais uma vez a minha “profecia” feita no final da época passada, parece ter razão de ser, e ou muito me engano ou os “Moinas” vão dar cartas no “nosso Campeonato”, o quinto para ser mais preciso, mas a ver vamos…

El Pibe deseja boa sorte a todas as equipas participantes no “nosso Campeonato”, campeonato esse k anseio k seja o mais isento e correcto possível, assim o espero, eu e julgo k todos vós, um grande abraço para toda a malta!
Eu estarei por aí.

F.C.P sempre…